Encaro o resultado da eleição como encaro o poker!

dilma-x-aecio

Fala galera, beleza?

Desculpa a demora pra postar, estive com problemas sérios em casa, que não vem ao caso, então estou sem cabeça e tempo pra escrever. Ontem tive notícias melhores, então acordei mais animado, vamos pra mais um post.

Não tem como, o assunto agora é eleição. Meio país comemorando, a outra metade infeliz com o resultado. Muitos de vocês sabem que minha opção era o Aécio, principalmente pela mudança.

Não estou revoltado como tantos, pois realmente acredito no trabalho do PT para os desfavorecidos. Isso é muito grande, muito importante. Sei que a finalidade deles não é a melhor, mas isso é fato. O PT fez pelos pobres o que ninguém fez. Aprendi com minha tia Mana, quando tinha uns 15 anos ela me falava sempre pra procurar o lado bom das coisas. Neste caso, prefiro acreditar que o PT vai fazer pelos pobres e que o Aécio não era nada demais, apenas a opção para tirarmos o PT do poder e mostrar que não aceitaríamos a roubalheira.
Aprendi também com minha tia Regina, a levar a vida leve, de forma sábia, sem dar murro em ponta de faca…Essas 2 maravilhosas da foto tem MUITO pra me ensinar ainda…
10570510_718947754839673_8318126364948617813_n

No poker, olhar sempre o lado bom me fez evoluir demais e principalmente ser GRATO com tudo que conquistei. Obviamente hoje fica fácil ser grato, depois do tanto de frutos que estou colhendo. Mas estou falando lá de trás, quando estava plantando pra chegar aqui.

Basta ir em uma roda de jogadores e ver que 99% reclamam da sua conta. Se julgam azarados, estão sempre lembrando das bad que levaram, esquecem que meia hora antes estavam ganhando um allin. É incrível como vejo pessoas reclamando de tomar uma bad no HU, por exemplo.

Meu chapa, vamos ser sinceros, não tem como chegar em HU de um torneio sem dar sorte. Senão o Ivey ganharia sempre. O que não é sorte é o bom jogador chegar frequentemente, o que não quer dizer chegar em TODOS torneios.

Vejo muitos jogadores dizendo, cheguei no HU sem “showdown”, ou “não entrei nenhuma por baixo”….Cara, se você não entrou nenhuma por baixo, você deu sorte…..se não teve showdown, também deu sorte. A sorte não é só ganhar com a pior mão, é todas oportunidades virarem certezas.

Olha só, o poker é feito de oportunidades. Tomamos decisões lucrativas no longo prazo. Se em determinada situação, você está na frente de 80% do range (gama de mãos) que o adversário fez uma jogada, quer dizer que você tem uma oportunidade ótima, mas que estatisticamente, 20% das vezes vai dar merda.

Entenderam onde quero chegar? É preciso ampliar o conceito de azar/sorte. Principalmente pra reconhecer a sorte. No curto prazo, ganhar um torneio sem showdown também precisa de sorte! Não a de ganhar um flip, mas a sorte de não PRECISAR SER UM FLIP. O range do cara era de AT+ 88+ em determinada situação e você tinha AK. Enfrentar os Ases piores ao invés dos pares é uma sorte no curto prazo. No longo prazo, vamos enfrentar todos e realizar a equidade da mão.

Resumindo, ao invés de fazer como a maioria do poker, que procura o lado ruim das coisas, as mãos que deram a azar, aprendi desde meus 15 anos a ser EXTREMAMENTE GRATO com o que vier. No fim das contas, todos vão realizar a equidade da mão, a diferença é como cada um vai lidar com isso ao longo do prazo.

Tenho certeza que encarar assim me fez evoluir muito. Não realizei o lado ruim, procurei ser grato com o que tive. Mas isso não quer dizer que me contento com pouco, pelo contrário. Fico grato com o que vem, pra não desanimar e continuar na luta por mais. Enquanto eu puder melhorar, eu vou brigar com unhas e dentes pela minha evolução. Mas sempre levando a vida sorrindo, ao lado dessa mulher maravilhosa, que me fortalece cada dia mais.
10645131_491178564352275_4372804144122936823_n

E é assim que vou lidar com a vitória da Dilma. Vou buscar o lado bom, a melhoria dos pobres, mas jamais me contentar com essa roubalheira e com um governo fraco. Vamos cobrar sim, exigir mais, ir pras ruas se for preciso, mas jamais como um derrotado, como um ingrato, e sim como um país que sabe da sua força e não se contenta com pouco.

200px-Dilma_Rousseff_-_foto_oficial_2011-01-09

Não quero e não vou sair deste país que tanto amo!

Boa semana,

João Simão

Anúncios

2 respostas em “Encaro o resultado da eleição como encaro o poker!

  1. João Simão,

    Simplesmente incrível o post! Não conheçomuito sobre você como jogador, mas pela forma de pensar e se expressar sobre certas coisas é de admirar demais! Jogo também, estou patinando a alguns anos na tentativa de se profissionalizar infelizmente (estudando, fazendo coach, assinando escolas e provavelmente cometendo vários erros), mas creio que um dia chego lá! Sem hipocrisia, muitas vezes sou desses que as vezes reclama que “tudo está dando errado” , e me sinto nessa fase ultimamente (MUITO INFELIZMENTE, por causa de $$$$ , falta pouco para eu ser obrigado a deixar esse sonho de lado pelo menos um tempo (indeterminado), arranjar um outro emprego e quem sabe mais pra frente voltar e continuar tentando), porém o seu post deu uma certa paz, criando uma esperança que tudo dará certo! Parabéns pelo post!!! GL SEMPRE!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s